Bom Dia, hoje 24/09/2018 - 8:30:55
 

Polícia frustra negociação de entrega de droga dentro de Supermercado ao prender mãe e filha

11/01/2018   16:51

 

As suspeitas não revelaram o nome do homem que havia ligado via celular fazendo encomenda

 

Profissionais de segurança pública desvendaram um estratagema de tráfico de entorpecente ao frustrarem uma negociação de entrega de droga, a qual havia sido combinada para ser concluída dentro do Supermercado Gonçalves. Foram presas Franciele S.F., 24 anos; Elicilda P.S., 40 anos e Érica G.S., 27 anos, mãe e filha respectivamente. O fato ocorreu na manhã dessa quinta-feira (11) no estabelecimento localizado na Avenida Mamoré, Bairro Três Marias da Zona Leste de Porto Velho.  

 

A guarnição do Aluno a Cabo PM Vasconcelos em patrulhamento ostensivo avistou dois policiais de folga abordando as três mulheres suspeitas, logo informaram que estavam dentro do supermercado Gonçalves e viram Franciele entregando um pacote suspeito para Elicilda que estava na companhia da filha Érica. Por apresentarem nervosismo foi feita a abordagem, a percepção policial foi confirmada ao ser encontrado um invólucro grande com 26,4g de oxi dentro da sacola do estabelecimento que já estava de posse de Érica.

 

Os policiais militares interrogaram Franciele que disse ter recebido uma ligação para entregar a droga no local a uma senhora de camisa regata e bermuda jeans, a qual faria contato dentro do Supermercado. Porém, não revelou a identidade do homem que havia ligado via celular para ela. Todavia, levou os profissionais de segurança a residência nas proximidades. De imediato, entregou uma bolsa infantil de cor azul com um pacote com 49,7 gramas e outro com 305,1 gramas de oxi.

 

Por sua vez, Elicilda informou que estava em sua residência e também recebeu uma ligação de um homem que não quis revelar o nome para que fosse buscar uma encomenda no Supermercado. Posteriormente, deveria entregar a droga para receber a quantia de R$ 50 reais pelo serviço prestado. A mesma inocentou a filha ao dizer que quando estava saindo da residência, Érica ofereceu carona na moto Biz. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão as três suspeitas apresentadas à Central de Flagrantes.

  

 

 

 

 

 

Autor: RONDONIANOAR

 

 


 
Publicidade