Boa Tarde, hoje 12/12/2018 - 14:00:07
 

SOCIOEDUCAÇÃO: Em Rondônia adolescentes internos realizam provas de mudança de nível de escolaridade

27/06/2018   14:43

 

Aplicação da prova do CEEJA Padre Moreti em Unidade Socioeducativa de Porto Velho

 

Socioeducandos da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease) participam do provão do Centro Estadual de Educação para Jovens e Adultos (Ceeja) objetivando a mudança de nível de escolaridade. O início do cronograma foi em 08 de maio e a prova aconteceu na cidade de Cacoal, Ariquemes e Porto Velho. O término do cronograma será no município de Rolim de Moura, nos dias 02 e 03 de julho. Mais de 138 adolescentes já fizeram as provas, aplicadas dentro das unidades socioeducativas de Rondônia.

 

As provas do Ceeja incluem todas as áreas de conhecimento, que contemplam as ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Os adolescentes estudam através de módulos, recebendo o acompanhamento escolar dentro das unidades socioeducativas. O exame serve para o socioeducando regularizar o atraso escolar e organizar documentação perdida.

 

Segundo o assessor pedagógico da Fease, Uoston de Freitas, o plano de estudo é elaborado de acordo com o conteúdo exigido no provão do Ceeja para facilitar a conclusão dos estudos. “Esses adolescentes se perderam no tempo escolar, sendo nossa responsabilidade, como atores da socioeducação, fazer com que eles recuperem esse tempo perdido e assim conseguir concluir a escolarização básica”,comenta.

 

O socioeducando W.F, de 17 anos, que cumpre medida socioeducativa na Unidade de Internação Provisória (UIMP) de Porto Velho, disse que a prova estava um pouco difícil, mas mesmo assim resolveu fazê-la. “Fiz essa prova porque quero ser alguém na vida e sair dessa situação que estou pra melhor. Achei difícil, mas agradeço pela oportunidade”, destacou.

 

Já o para o interno M.O.M, de 16 anos, também da UIMP e que está no 9º. Ano do fundamental é importante fazer a prova para avançar de série. “Achei complicado português e matemática, mas meu objetivo é avançar nos meus estudos, o que é muito importante pra mim”, finaliza.

 

 

PROVAS

 

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade de ensino que trabalha com o mesmo conteúdo, e pretende desenvolver as mesmas competências do Ensino Fundamental [1º ao 9º ano] e Médio [1º ao 3º ano, antigo colegial], porém, voltada para pessoas adultas, com idade mínima de 15 anos para o Ensino Fundamental e 18 para o Ensino Médio.

 

 Agentes de Segurança Socioeducativo participam de curso de aprimoramento em segurança

 Na torcida pelo Brasil Unidades Socioeducativas em Rondônia são decoradas para a Copa

 Audiência em Vilhena discute melhorias no atendimento socioeducativo e desinterdita unidade de internação

 

 

 

 

Fonte
Texto: Celene Gomes
Fotos: Arquivo Fease
Secom - Governo de Rondônia

 


 
Publicidade