Bom Dia, hoje 18/11/2018 - 8:59:00
 

Semana de Integração Tecnológica tem participação da Energia Sustentável do Brasil

29/10/2018   16:31

 

Palestra foi proferida pelo Gerente de Engenharia e Planejamento da ESBR, Luis Fea Barbosa, que tem mais de 40 anos de experiência no setor elétrico

 

A primeira edição da Semana de Integração Tecnológica de Automação e Eletrotécnica (SITAE), promovida pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), contou com a participação da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, com uma palestra sobre o empreendimento.

 

Durante a exposição, o Gerente de Engenharia e Planejamento da ESBR, Luís Fea Barbosa, explicou sobre o processo de montagem da turbina utilizada na UHE Jirau e os motivos para a escolha do modelo tipo bulbo e de Hidrelétrica a fio d’água. Segundo Fea, este modelo foi escolhido por respeitar as características do rio Madeira e visando um menor impacto ambiental, já que outros modelos de turbina requerem formação de grandes lagos.

 

Fea também esclareceu sobre a configuração da interligação das Casas de Forças da UHE Jirau, linha de transmissão, histórico hidrológico, manejo dos troncos do rio Madeira, as entidades envolvidas no setor elétrico, além de responder perguntas dos estudantes dos cursos de Eletrotécnica e de Controle e Automação do IFRO.

 

“A ESBR já tem tradição em participar destes encontros, já participamos em encontros de várias instituições, tanto de ensino médio quanto de ensino superior. Me sinto muito honrado, porque poder passar um pouco daquilo que a gente aprendeu ao longo dos anos é sempre gratificante”, conta Fea.

 

O professor do IFRO Josieudo Pereira Gaião conta que a instituição convidou empresas de Rondônia que são referência no setor elétrico para fazer as apresentações no primeiro dia da SITAE. “Jirau é uma referência no setor elétrico, tanto na parte de eletrotécnica quanto na parte de automação. A apresentação foi ótima! Com certeza, os alunos ficaram motivados e já estão cobrando uma visita técnica. Todos querem conhecer a Usina Jirau”, fala o professor.

 

 

Fonte: Assessoria

 

 

 

 


 
Publicidade