Bom Dia, hoje 25/09/2020 - 9:00:56
 

Calvário na travessia da balsa no Rio Abunã

05/11/2013   00:25

 

Enquanto a ponte sobre o Rio Madeira está em sua etapa final, dependendo da solução de um litígio entre a empresa contratada e os moradores da região para ser concluída, se vive um verdadeiro calvário na travessia da balsa no Rio Abunã. O tempo gasto gira em torno de 40 minutos à 1 hora em dias normais, mas quando há um fluxo maior chega-se a ficar mais de 2 horas para conseguir esse feito.

A empresa Amazonave Navegações é a que detém a concessão para atuar na área e garantir a travessia com segurança dos veículos leves e pesados, principalmente das pessoas. No entanto, se ver passageiros sob o sol forte durante o dia e no sereno a noite sem uma proteção adequada, sendo que nos dias de chuva a situação fica mais complicada para os usuários que dependem desses serviços.

O lucro é exorbitante e não se ver melhorias em prol dos condutores dos veículos, principalmente aos que conduzem cargas e passageiros. Os motoristas reclamam do atraso na entrega de cargas e no tempo desperdiçado esperando sua vez para atravessar o rio na balsa, mas não outro meio no momento para darem agilidade a essas suas expectativas.

A classe política rondoniense acompanha com certa tranquilidade essa agonia dos que precisam dessa pendência solucionada. Por outro lado, com a construção da ponte a ligação com o estado do Acre e o sonho da saída para o pacífico ficará mais perto de ser alcançado, portanto, seria ideal que as bancadas federais dos dois estados procurassem efetivar essa benfeitoria para o bem de todos.

 

Fonte: RONDONIANOAR

Autor: RONDONIANOAR


 
Publicidade