Boa Tarde, hoje 20/10/2020 - 14:22:40
 

Começa a colheita de soja em Rondônia

02/01/2014   16:39

 

Presidente da Aprosoja afirma que dia 10 inicia a colheita no Sul do estado

O presidente da Associação dos Produtores de Soja de Rondônia (Aprosoja) Nadir Comiran, anunciou para o próximo dia 10, o início da colheita das lavouras cultivadas com esta leguminosa na região do Conesul do Estado. Segundo ele, cerca de 20% de novas áreas cultivadas foram agregadas totalizando 150 mil hectares, só na região sul do Estado. 

Pelo segundo ano consecutivo o Estado de Rondônia apresenta a maior produtividade, em nível nacional, produzindo 54 sacas de 60 quilos por hectare de soja cultivada, conforme explica Nadir Comiran. De acordo com ele, Rondônia na safra 2013/2014 colherá 700 mil toneladas deste produto, uma vez que o Estado todo está cultivando mais de 200 mil hectares.

Na safra passada foram cultivadas algo em torno de 180 mil hectares, para uma colheita de 541.446 toneladas de grãos, com uma média de 3.152 quilos por hectare cultivada. Média que se encontra acima da nacional. A tecnologia e o processo de plantio chegou a Rondônia por produtores rurais oriundos do sul e centro sul do País na década de 1980.

O destaque para a expansão das lavouras mecanizadas ficam por conta dos municípios de São Miguel, Seringueiras, Castanheiras, Vilhena e Cerejeiras entre outros.

Produtividade

Com apoio do Governador Confúcio Moura, através da secretaria de Agricultura, Desenvolvimento, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri), com incentivo do secretário Evandro Padovani, produtores rurais de outros estados estão buscando conhecer o estágio de desenvolvimento desta cultura nas terras rondonienses.

A Embrapa Rondônia realizou uma pesquisa em que revela dados altamente positivos para o aproveitamento de áreas propícias para o cultivo desta oleaginosa ao longo da BR-364.

De acordo com o estudo, são mais de 6 milhões de hectares que podem ser ocupados racionalmente sem que seja necessário derrubar um palmo de mata. A produção destes grãos torna-se cada vez mais promissor tendo em vista que Rondônia naturalmente vem se tornando em uma nova fronteira agrícola.

Benefícios

Diante destas perspectivas positivas, o Governo do Estado vem investindo forte na melhoria das instalações portuárias no rio Madeira, com objetivo de atender melhor as empresas exportadoras como os grupos Maggi, Cargill e outras.

Na aquisição de novos equipamentos, reforma, ampliação e infraestrutura foram aplicados recursos próprios da ordem R$ 5,7 milhões, preparando o Estado para ser um grande corredor de exportação de cargas e grãos produzidos aqui e nos estados vizinhos.

O cultivo da soja traz diversos benefícios para Rondônia, como a geração de emprego e renda, melhoria nos transportes, e ainda conta com o apoio de instituições financeiras públicas e privadas que financiam a safra, do plantio a colheita.

 

Fonte: DECOM/RO

 


 
Publicidade